quarta-feira, 11 de maio de 2011

Jardin Japonés - Buenos Aires - Argentina

A síntese de hoje é sobre o Jardim Japonés. É com este acento mesmo, porque é em espanhol, já que está localizado no bairro de Palermo, em Bueno Aires.
A primeira pergunta é porquê um jardim JAPONÊS na Argentina? É que este país tem uma comunidade japonesa muito forte. Os orientais são conhecidos por sua inteligência e determinação e por procurarem locais com alta qualidade de vida para imigrarem. Um exemplo disso é a “onda” de chineses ricos que estão indo para o Canadá, abandonando um regime que ainda é tirano em certos aspectos para encontrarem no Canadá a vida tranqüila de qualidade.
O Jardim Japonés é um local calmo, ótimo para meditar, ou fazer um piquenique. Foi construído em 1967 pelos príncipes herdeiros do Japão, que hoje são imperadores. Foi uma homenagem cheia de significados profundos, como a ponte vermelha que representa o caminho ao paraíso.



      Está aí um local de reencontro consigo, onde o que mais importa não são as respostas mas as perguntas certas. Alguns podem ficar entediados e não acharem graça, mas a graça é ficar ali parado: “a melhor maneira de se achar é ficar onde você está” ( Jostein Gaarder – O dia do coringa)

Informações adicionais: Para quem está no Centro de Buenos Aires, O Jardin Japonés fica há poucos quilômetros dali. É possível chegar andando ou de táxi (se você alugar um carro, ou tiver um em mãos, fica melhor ainda). A entrada, na ocasião, era de míseros 5 pesos (ou dois dólares). Há um restaurante japonês, arte e outras pequenas coisas ligadas à cultura daquele país.
Texto: Alessandra Knoll Pereira
Fotos: Alessandra Knoll Pereira e Gabriel Pereira Knoll

2 comentários:

  1. magnífico! que paz! que lugar lindo!

    ResponderExcluir
  2. um lugar maravilhoso! obrigada pelas dicas

    ResponderExcluir