segunda-feira, 28 de maio de 2012

Festa do Divino, Santo Amaro da Imperatriz (SC)

 Acontece hoje o encerramento da 158º festa do Divino Espírito Santo no município de Santo Amaro da Imperatriz, na região da Grande Florianópolis. Pelos números, vê-se que é uma festa tradicionalíssima na cidade. Para quem quer visitar o encerramento, pode "seguir reto toda vida" que é fácil chegar. Entrando em Santo Amaro, nada fica difícil. 
   A Festa do Divino, como o próprio nome já indica, é uma celebração religiosa de origem portuguesa. Então, para quem gosta de conhecer a cultura de pequenas localidades, eis uma das pedidas mais legais. Isto porque a festa não se esgota em uma celebração epifânica. Há muita gente diferente daquilo que o estereótipo das festas religiosas costumam associar. Claro, a família, instituição sagrada da igreja está em peso; é uma festa familiar. Entretanto, isto não impede de encontrarmos moças bonitas, rapazes elegantes, paquera e até show de Rock'n'Roll em pleno pátio da paróquia.
   Falando em Rock'n'Roll, a banda dos meninos que estava tocando quando chegamos era muito, mas muito boa. A gurizada da cidade está de parabéns! Pena que o nome da banda não foi captado por nossos ouvidos; o locutor da festa parecia ter uma overdose de adrenalina quando falava o nome da banda. Lástima, porque não entendemos nada do que o homem de vermelho falava.
    Para falar bem a verdade, o show dos garotas, que beiravam 16 anos, estava tão legal que as senhorinhas, senhorzinhos e tudo mais, estavam vibrando, cantando, enquanto eles cantavam sucessos de Red Hot Chili Peppers, Bob Dylan, Pink Floyd, etc. Isto muito me surpreendeu. E a imagem da família estava muito presente - não sei se foi o horário ou se este é o espírito da coisa. 
    Claro, a festa do Divino é totalmente relacionada com gastronomia. Tem algo a ver em dar comida aos pobres; uma tradição da igreja católica. Claro, a festa não permite tamanha filantropia, mas é super divertida. As ruas no entorno da paróquia ficam cheias de gente, muito coloridas e camelôs por todos os lados. Aí que surge outro ponto positivo: as barraquinhas de comida típica do inverno. De pé-de-moleque a maçã do amor, muita comida boa, preparada ali na hora ou ali por perto. Claro, nossa escritora oficial do blog aproveitou para "detonar" o cocada, pé-de-moleque e o que mais ela conseguiu. 
    O lugar deixa um simples churros com aparência tão bonita, que é até um pecado não se embrenhar no pecado da gula. Sim! É comida boa pra tudo quanto é lado. 
Chega de divagações, vamos ao que interessa. Para quem quer ir e deseja mais informações:



Local: Praça São Francisco - Igreja Matriz
Entidade organizadora: Paróquia de Santo Amaro da Imperatriz
Telefone: (48) 3245-1116
Fax: (48) 3245-1116
E-mail: Paroquiasantoamaro@terra.com.br
Site: www.portalsantoamaro.com.br/paroquia

Texto: Gabriel P. Knoll
Fotografias: Gabriel P. Knoll

2 comentários:

  1. Linda festa! Santo Amaro é um Paraíso mesmo!tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. A banda dos meninos chama-se Bizarrê.

    ResponderExcluir